Marketing Digital: conceito, estratégia, papel de um consultor e erros sobre o termo

  • Post category:Marketing

Marketing Digital: conceito, estratégia, papel de um consultor e erros sobre o termo

Certamente o marketing digital se tornou um dos termos mais populares entre pessoas, marcas, influenciadores e profissionais nos últimos meses.

o que é marketing digital

Todo mundo tem falado sobre marketing digital, afinal, ele tem sido, o fator chave para o crescimento de muitas marcas.

Decerto existem hoje diversos cursos de marketing digital sendo lançados em plataformas como a Rock University, Hubspot Academy, dentre outros.

Isso está relacionado acima de tudo a um crescimento de pessoas que buscam aprender mais sobre suas estratégias, afim de melhorar a presença online da sua marca.

Em seguida você verá neste guia:

Definição do Marketing Digital

O que é?

Em primeiro lugar o marketing digital é um termo amplo. Ele inclui todos os canais de mídia e métodos que você pode usar para promover produtos ou serviços na internet, mas também em dispositivos eletrônicos.

Por exemplo, a diferença entre o digital e o tradicional, é que as campanhas no ambiente online são executadas na internet. Portanto, isso dá aos profissionais do ramo, mais controle e dados para analisar a eficácia do trabalho atual.

Canais de marketing digital

Em resumo, o marketing digital possui dois canais, que são divididos em: canais online e offline.

Canais de marketing online

Canais de marketing offline

Uso de websites

Antes de mais nada, um site é crucial para a realização de todas as campanhas de marketing digital. Por si só, é um canal muito poderoso, mas também é o ponto de partida para executar a maioria das outras campanhas de marketing online.

Em outras palavras, seu site deve apresentar a sua marca, produto ou serviços da melhor maneira possível. Deve ser totalmente otimizado, compatível com dispositivos móveis e principalmente de fácil usabilidade.

Portanto, após criar um site, o próximo passo é promover o mesmo e seus conteúdos com o objetivo de obter tráfego e clientes.

SEO (Otimização em mecanismos de busca)

O SEO, é o processo de otimizar um site para os mecanismos de pesquisa, como o Google, por exemplo.

A princípio o seu objetivo é ajudar um site a obter melhor classificação nos resultados de pesquisa, ou seja, atrair pessoas para uma página específica, aumentando assim o tráfego orgânico do site.

seo exemplo

Por exemplo, na imagem acima você pode conferir as etapas do SEO.

Anúncios CPC (Custo Por Clique)

Sobretudo, os anúncios com objetivos CPC oferecem aos usuários a capacidade de alcançar potenciais clientes na internet por meio de campanhas pagas.

Você pode criar campanhas CPC no Google, LinkedIn ou Facebook e mostrar seus anúncios para pessoas que procuram termos relacionados aos seus produtos ou serviços.

As campanhas CPC podem segmentar os usuários com base em suas características demográficas (idade, sexo, etc) ou mesmo em seus interesses ou localização particulares.

Cada vez em que um usuário clica em seu anúncio, você paga uma taxa ao provedor (por isso, o termo, custo por clique).

Em conclusão, as plataformas CPC mais populares são Google Ads e Facebook Ads.

Marketing de conteúdo

De fato o marketing de conteúdo tem tudo a ver com a produção de conteúdo. O ambiente digital é uma enorme biblioteca, ou seja, possui diversos conteúdos em formatos diferentes.

Seu objetivo é atingir clientes potenciais por meio da produção e distribuição de conteúdo relevante, uma vez que você utilize artigos em grande parte da estratégia.

Dito isso, é preciso publicar em um blog (site) e, em seguida, distribuir nas redes sociais, usando e-mail marketing, SEO ou até mesmo anúncios CPC.

Só para ilustrar, as principais ferramentas do marketing de conteúdo são:

  • Blogs
  • E-books
  • Cursos Online
  • Infográficos
  • Podcasts
  • Webinários

E-mail Marketing

Ainda que tenha aumentado o uso das redes sociais, o e-mail marketing ainda é um dos canais de marketing digital mais eficazes.

Muitas pessoas confundem o e-mail marketing com aqueles e-mails que caem na caixa de Spam, mas não é disso que se trata.

Essa é uma estratégia onde sua marca utiliza o Inbound para entrar em contato com seus potenciais clientes ou pessoas interessadas em sua marca.

Isso significa que esse público quer receber suas mensagens, pois elas te autorizaram a fazer isso.

Em suma, muitas marcas usam várias técnicas para capturar leads às suas listas, e usam o e-mail marketing para converte-los em clientes.

Marketing de mídias sociais

O marketing nas redes sociais tem a ver com alcançar pessoas certas nos principais canais de mídia social. Em outras palavras, isso é feito através de marketing de conteúdo, tráfego pago ou ambos.

O objetivo principal aqui é o reconhecimento, mas com o tempo, pode utiliza-lo para obter leads ou vender seus produtos e serviços.

Veja, por exemplo, o Facebook. O funil de vendas do Facebook consiste em 3 etapas principais.

O topo do funil é o reconhecimento. Este é o estágio em que você pode usar anúncios do Facebook para apresentar sua marca aos usuários do Facebook. Seu objetivo neste estágio é exibir seu anúncio para o maior número de pessoas possível e ganhar novos seguidores.

Em seguida, é a fase da consideração. Neste estágio, o objetivo é alcançar as pessoas e envia-las não só para o seu site, mas também para uma página de captura e etc.

Por fim temos a fase da conversão. Esta é a etapa final em que você tenta convencer as pessoas que entram no funil. Em suma, uma conversão pode ser qualquer coisa que tenha valor para sua marca, como a venda de um produto ou uma visita ao seu estabelecimento.

Como você pôde perceber, para cada estágio do funil, você tem uma série de opções quanto ao tipo de campanha que pode usar.

Marketing de Afiliado

O marketing de afiliados é uma das formas mais antigas de se trabalhar no segmento do marketing. Conforme o aumento de usuários na internet, ele também cresceu consideravelmente.

Uma vez que você se torna um afiliado, você divulga os produtos de outras pessoas e recebe uma comissão ao vender ou capturar um lead.

Visto que empresas conhecidas como a Amazon, possuem programas de afiliados, que pagam milhões de dólares por mês para sites que vendem seus produtos.

Nesse sentido, ao planejar sua estratégia, você deve incluir os afiliados para se relacionar com as pessoas e vender seus produtos em troca de uma boa comissão.

Em outras palavras, antes de lançar, considere criar um programa de afiliados onde as pessoas possam divulgar seus produtos na internet.

Eles receberão uma comissão como recompensa, mas os benefícios para você como criador do produto serão muito maiores.

Eles não só podem gerar mais vendas, mas também podem se tornar os representantes da sua marca e influenciar positivamente outras pessoas a comprar ou fazer o mesmo que eles.

Inbound Marketing

Certamente esse é mais um termo sofisticado que se refere a alcançar novos clientes. De acordo com a criação de conteúdo e como fazê-los atravessar o funil de vendas até que cheguem a uma conversão.

Os principais elementos que compõem o Inbound são: os conteúdos, atração, envolvimento, confiança e satisfação.

Em conclusão, esses elementos têm um único objetivo: ajudar as marcas a melhorarem seu relacionamento com potenciais clientes e criar um canal de comunicação novo com os mesmos e consequentemente aumentar suas vendas.

Todos os canais de marketing digital possuem funis de vendas semelhantes. O que diferencia em muitos casos é a terminologia usada para descrever cada estágio do funil. Em suma, um funil de vendas online possui três objetivos: aumentar o reconhecimento e o envolvimento do público com a mesma e converte-los em clientes fiéis.

Marketing em dispositivos móveis

O marketing em dispositivos móveis refere-se ao processo de alcançar clientes nas diferentes plataformas de dispositivos móveis, como Google Play Store, Apple Store ou Amazon Marketplace.

Essas plataformas possuem milhares de aplicativos e milhões de usuários por dia. Com o marketing em dispositivos móveis, você pode promover seus aplicativos por meio de tráfego pago ou por outros métodos (promoções entre aplicativos, etc.), para que possam ser visualizados e instalados por mais pessoas.

Observação: o marketing em dispositivos móveis não é o mesmo que ter uma versão do seu site otimizada para os mesmos. Tornar seu site compatível com esses dispositivos é sua obrigação como marca, caso contrário, seu site não irá aparecer nas pesquisas do Google realizadas em dispositivos móveis.

Vídeo marketing

O Vídeo marketing é algo relativamente novo, mas nos últimos meses se tornou tão popular que você não pode ignorá-lo.

O YouTube se tornou o segundo mecanismo de busca mais popular e muitas pessoas estão recorrendo a plataforma antes de tomar uma decisão de compra, para aprender algo ou apenas para se divertir.

O YouTube é apenas um dos meios pelos quais você pode executar uma estratégia de Vídeo marketing. Existem muitas outras plataformas como vídeos do Facebook, Instagram, Vimeo para utilizar em seu projeto.

A melhor maneira de aproveitar as vantagens dos vídeos é integrá-los às suas campanhas de SEO, marketing de conteúdo e marketing de mídias sociais.

Executar campanhas de vídeo autônomas pode ser caro e nem sempre cria um retorno positivo sobre o investimento, mas quando essa prática é usada como parte de suas outras campanhas, o ROI é justificado.

Canais de Marketing offline

Os canais descritos acima são os componentes mais importantes do marketing digital. Eles são os canais que podem ser executados através da internet (daí o termo canais de marketing online) e, em muitos casos, são os únicos que você precisa usar para ter uma presença online forte.

Já os canais de marketing offline que iremos abordar logo abaixo, ainda são utilizados, mas não são adequados para todas as empresas. Por exemplo, uma pequena empresa não possui faturamento para investir em propagandas na televisão ou em painéis eletrônicos.

Publicidade na Televisão

O marketing televisivo não morreu, pelo contrário, é um canal que terá um impulso nos próximos anos.

Atualmente, a publicidade na TV não é 100% direcionada. Os profissionais de marketing só podem fazer suposições com base nas estatísticas de um número limitado de pessoas.

A adoção da Web TV mudará isso dramaticamente. Os profissionais de marketing serão capazes de alcançar públicos-alvo com base em uma série de fatores e tomar decisões informadas sobre qual conteúdo produzir.

Envio de mensagens SMS

O marketing por SMS continua sendo uma opção para entrar em contato com potenciais clientes, embora não esteja entre as mais poderosas.

Existem alternativas melhores hoje em dia, como notificações ‘push na web’ e no celular, além de mensagens através do Facebook Messenger.

No entanto, o marketing de SMS pode ser usado para obter mais visitas ao seu estabelecimento, dependendo da sua comunidade local.

Marketing por rádio

O marketing por rádio é outra ferramenta que você pode utilizar, mas não tão eficaz quanto outros métodos. O principal problema com o marketing por rádio é que você não sabe exatamente como medir o retorno do seu investimento.

Quando você paga por um anúncio de rádio, só pode assumir o número de pessoas que ouviram a propaganda, com base no número de ouvintes da estação de rádio específica.

O marketing por rádio ainda é bom para as empresas locais e pequenas comunidades que não são tão afetadas pela febre das redes sociais.

Marketing em painéis e outdoors

O marketing em outdoor é considerado parte do marketing digital. Os painéis eletrônicos estão disponíveis em vários locais públicos e é outro canal tradicional em uma estratégia de marketing.

O que é uma estratégia de marketing digital?

Uma estratégia de marketing digital é um plano detalhado sobre como você pode utilizar diversos canais para alcançar os seus objetivos de negócios.

Ao planejar uma estratégia, você deve considerar quais canais irá usar, os recursos a atribuir em cada um e o que esperar de resultados.

Um erro comum cometido por donos de pequenas empresas, é que eles tentam executar tudo de uma vez e no final do dia não conseguem obter resultados.

Isso porque não têm conhecimento para criar campanhas ou porque acabam gastando seu orçamento em canais que não são adequados para o seu negócio.

Estratégia de marketing digital na prática

Embora cada estratégia de marketing digital seja única e baseada nas necessidades e objetivos específicos de cada empresa, você verá abaixo um exemplo que irá te ajudar a entender como todos os canais de marketing podem trabalhar em direção a um objetivo comum.

Exemplo: Estratégia de marketing digital para uma empresa que vende produtos digitais (cursos online, ebooks, etc.).

Veja como o site é crucial para uma estratégia de marketing digital

Etapa 1: Site – Primeiramente você irá criar um site leve e otimizado para dispositivos móveis. O site deve ter várias páginas de destino (ou página de vendas) para apresentar a empresa e seus produtos ou serviços.

Etapa 2: SEO – A próxima etapa é realizar uma auditoria de SEO e identificar quais áreas precisam ser otimizadas para melhorar o SEO do site. O SEO mais técnico deve ser abordado primeiro, depois deve ser feita uma otimização nas páginas do site, a chamada On-Page e, por último, o Off-Page.

Etapa 3: Marketing de conteúdo – Com base nos resultados de uma pesquisa completa de palavras-chave e no relatório da auditoria de SEO, você deve criar um plano de marketing de conteúdo que incluirá:

  • Que tipo de conteúdo criar para o seu site (texto e vídeos)
  • Quando publicar (calendário de publicação)
  • Como distribui-lo (pode inserir canais de mídias sociais, e-mail e campanhas CPC)

O poder das redes sociais e do e-mail marketing

Etapa 4: Marketing de mídias sociais – Utilize todas as campanhas de marketing de mídia social para aumentar o reconhecimento de marca, envolvimento com seu público e as vendas. Identifique quais canais de mídia social são adequados para o seu negócio (com base no perfil do cliente) e crie uma programação para publicação de conteúdo nessas redes.

Ao mesmo tempo, você pode criar uma lista com influenciadores e outras pessoas que provavelmente terão interesse em adquirir seus produtos ou compartilhar seu conteúdo nas redes sociais.

Etapa 5: E-mail Marketing – Comece a construir uma lista de e-mail usando várias chamadas para ação (CTA´s) em seu site e nos canais de mídia social.

Seu objetivo inicial é fazer com que as pessoas se inscrevam na sua lista com um formulário de pesquisa, baixando materiais de valor ou serviços gratuitos.

Crie vários funis de E-mail Marketing para levar essas pessoas do estágio de consideração para o estágio de conversão.

Essas etapas são importantes para o seu marketing

Etapa 6: Anúncios CPC – Em paralelo às atividades citadas anteriormente, configura uma campanha do Google Ads para direcionar pessoas que procuram palavras-chave relacionadas a produtos e serviços nas pesquisas do Google, além disso em campanhas de remarketing no Facebook para perseguir usuários que visitaram o seu site, mas não compraram.

Etapa 7: Vídeo Marketing – Parte da etapa 3 acima é identificar quais tópicos / palavras-chave você pode criar conteúdo em formato de vídeo. Publique seus vídeos em um canal do Youtube, no Facebook, Instagram e quaisquer outras plataformas que você está planejando em suas campanhas.

Etapa 8: Marketing em dispositivos móveis – Considere a aplicação de um aplicativo móvel que os usuários possam baixar nas Apps Stores que incluirá as ultimas noticias e maneiras que as pessoas irão acessar seus cursos, promoções, ofertas e muito mais.

O que muitas marcas não fazem

Etapa 9: Medir e analisar os resultados – Certifique-se de ter o Google Analytics instalado e configurado corretamente e que você possa medir com precisão a eficácia das campanhas acima.

Crie uma planilha no Excel e adicione para cada campanha detalhes sobre o custo, número de visitas, número de conversões, pessoas alcançadas, etc.

As etapas acima são apenas um resumo do que sua estratégia de marketing digital deve incluir. Se você é uma pequena empresa com recursos limitados, é normal que não consiga executar todo o planejamento desde o início.

O que você precisa fazer é seguir um método com um passo a passo começando com seu site, SEO e marketing de conteúdo.

O papel de um consultor de marketing digital é elaborar uma estratégia de marketing digital bem definida.

É seu trabalho decidir quais canais uma marca deve usar, tipos de anúncios e o que fazer para alcançar objetivos e metas.

O consultor também pode ter a função de monitorar o trabalho dos outros profissionais envolvidos no projeto. Tudo isso, para garantir que toda a equipe esteja trabalhando em busca dos mesmos objetivos.

Dentro de uma empresa, geralmente se encontra a seguinte equipe de marketing:

O que é e o que faz um gerente de marketing digital ou consultor

Um profissional com habilidades e experiência em:

  • SEO
  • Mídias sociais
  • Marketing de conteúdo
  • Anúncios CPC

Os profissionais especialistas em SEO não são gerentes e nem consultores. Um consultor de marketing digital possui um amplo conhecimento em todos os canais de marketing digital e não apenas em otimização nos mecanismos de busca.

Especialista em Marketing de conteúdo

Um profissional de marketing de conteúdo é responsável por criar e executar o planejamento voltado ao conteúdo da marca na internet. Ele é a pessoa que decide que tipo de conteúdo criar e quais canais utilizar.

Especialista em Mídias Sociais

É responsável pela promoção de uma empresa usando diversos canais de mídia social. Ele trabalha em conjunto com o especialista em marketing de conteúdo para distribuir o conteúdo certo às pessoas certas no momento exato.

Especialista em SEO

Dependendo da estrutura da sua empresa, você pode ter esse especialista dedicado apenas em auxiliar as ações voltadas ao SEO da sua estratégia.

Especialista em Anúncios (Gestor de Tráfego)

Um gestor de tráfego é responsável por executar campanhas de anúncios em diferentes plataformas, as principais são o Google Ads, Facebook Ads e LinkedIn.

Os especialistas em anúncios podem se tornar certificados nessa função através do Google e do Facebook, para comprovar suas qualificações.

Especialista em E-mail Marketing

A função de um profissional nessa área é garantir que todos os leads vindos de todos os canais inseridos no projeto, sejam inseridos em funis de e-mail adequados que consequentemente levarão a conversões.

Enviar um boletim informativo de vez em quando não é E-mail Marketing. Uma campanha de E-mail Marketing adequada transforma leads em clientes e é por isso que você precisa de um profissional especifico para monitorar essas atividades.

Equívocos sobre o marketing digital

A palavra ‘marketing digital’ já não é considerada tão nova, e se tornou comum entre as pessoas que trabalham através da internet, mesmo em casos em que o significado é totalmente diferente.

Os equívocos mais comuns sobre o marketing digital são:

Marketing digital e Marketing na Internet não é a mesma coisa

O marketing na internet é um subconjunto do marketing digital e são coisas diferentes.

Os métodos que você pode utilizar para executar campanhas na internet dão o significado ao termo marketing na internet ou marketing online.

Conforme eu citei em um dos parágrafos acima, os principais componentes do marketing pela internet são: O marketing de busca que é representado pela sigla SEM (que inclui SEO e CPC), marketing de mídias sociais, marketing de conteúdo, e-mail marketing, marketing de afiliados, marketing em dispositivos móveis e vídeo marketing.

O marketing digital vai além do marketing online / na internet, pois inclui também outros canais digitais.

Marketing de mídias sociais é um componente do marketing digital

Quando você tem uma presença ativa nas redes sociais, está essencialmente executando campanhas de marketing de mídias sociais e não campanhas de marketing digital.

O marketing de mídias sociais é apenas um dos componentes do marketing digital. Para experimentar plenamente os benefícios disso, você precisa adicionar mais canais digitais em sua estratégia.

Agora você entende o que é marketing digital?

Certamente o marketing digital tem tudo a ver com marketing online e a tecnologia. Não se trata apenas de um processo único, mas consiste em uma série de subcomponentes que você pode usar dependendo do que deseja alcançar.

Dito isso, nem todos os métodos irão funcionar para qualquer empresa, por isso é importante criar uma estratégia de marketing digital que irá detalhar como você utilizará cada processo.

Um consultor de marketing digital é a pessoa responsável por monitorar todas as atividades e ações de uma estratégia.

Ele precisa ter um conhecimento amplo de como funciona a internet para poder decidir quais ações serão mais adequadas para cada determinado projeto.