Marketing Digital no varejo: 5 ferramentas para aumentar as visitas na sua loja

  • Post category:Marketing

Não dá para evitar e nem para negar que o marketing digital no varejo não pode ser mais deixado de lado, até mesmo em uma estratégia de vendas.

Exemplo de marketing digital no varejo.

Nos tempos de hoje as pequenas empresas precisam competir cada vez mais com marcas maiores, principalmente devido as mudanças e inovações no mercado. Dito isso, não é o suficiente confiar no boca-a-boca em busca de aumentar as vendas e oportunidades de negócios.

Agora, os varejistas devem investir em melhorias no processo de compra e experiência do cliente.

O que isso tem a ver com o marketing digital no varejo? Basicamente tudo.

Se você procura ter sucesso no varejo, precisa não apenas depender das redes sociais, mas também de estratégias novas e criativas de marketing digital.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Statista, as vendas do comércio eletrônico representaram 11,9% de todas as vendas no varejo ao redor do mundo.

Isso significa que, para pequenas marcas competirem com lojas maiores, os varejistas devem oferecer uma experiência consistente ao cliente em todos os canais de vendas, seja no online ou off-line.

Com os consumidores cada vez mais confiando em ferramentas da internet e redes sociais para ajudar nas compras, você dono de um varejo não tem escolha a não ser acompanhar.

Confira a seguir como algumas ferramentas usadas em um plano de marketing digital no varejo podem ajudar seu negócio a atrair visitas e quem sabe, clientes que compram.

No varejo comprar online/retirar na loja (BOPIS) também funciona

O termo BOPIS representa os usuários que compram no online e retiram o seu produto na loja.

Este recurso oferece mais velocidade no processo de compra, e traz como consequência um aumento na satisfação do cliente e retirada do produto, além de evitar custos com frete.

O BOPIS é uma das vertentes que sustenta os pilares proporcionados pela integração dos canais online e off-line.

Para os clientes, essa estratégia só trará benefícios, afinal, aliar a praticidade de comprar um produto no ambiente online e retirá-lo na loja física mais conveniente, sem pagar taxas de frete, sem enfrentar filas de pagamento, sem depender de prazos de entrega e, ainda, ter total segurança de que o produto está disponível em estoque.

Certamente podemos afirmar que a indústria do varejo está caminhando rapidamente para oferecer a melhor experiência para os seus consumidores, seja em preço, promoções, frete grátis e entregas cada vez mais rápidas e flexíveis, e utilizar o BOPIS na sua estratégia de marketing digital no varejo, será um grande benefício para você e seus clientes.

Usar lista de e-mails também funciona na estratégia de marketing digital no varejo

Enquanto muitos ainda insistem em matar o e-mail, somente no ano de 2018, mais de 218 bilhões de e-mails foram enviados, todos os dias.

É esperado que esse número aumenta para muito mais do que 300 bilhões até 2022.

Quando se trata de e-mail marketing, o retorno médio de um investimento de US $ 1 é de US $ 44.

Além disso, a metodologia de Inbound e o uso do e-mail marketing é usado por 62% das empresas B2B e B2C.

Os varejistas mais espertos sabem que não podem fazer isso sozinhos, e é por isso que milhões de pessoas usam o e-mail marketing para criar textos mais atraentes e que levem os leitores a tomarem uma decisão.

Uma ótima ferramenta para personalização e disparo automático de e-mails, é o MailChimp. Você pode adicionar marcações (tags) para facilitar a segmentação de clientes e ajudar a entender em que fase da jornada do consumidor eles se encontram.

Outra ferramenta muito boa é a da Hubspot. Clique aqui e dê uma conferida, você verá que não é bicho de 7 cabeças colocar uma campanha automatizada para sua marca.

Quando você usar essa estratégia de marketing digital para atrair clientes na sua loja de varejo, considere o seguinte:

– Anuncie brindes na loja

– Fale sobre eventos na proximidade

– Incentive as pessoas a levarem um amigo

Usar ferramentas de gestão para redes sociais economiza tempo nas ações de marketing digital no varejo

Na luta pela sobrevivência, os varejistas não precisam apenas ter um site e estarem presentes na loja, mas também manter uma periodicidade nas redes sociais.

Isso significa que é importante dedicar um tempo e recursos ao Facebook, Instagram, Pinterest, Google Meu Negócio, LinkedIn, etc. Isso depende do seu segmento.

Certamente, manter essa presença leva um tempo. Então como ter tempo suficiente para compartilhar e gerenciar várias contas de mídia social?

A resposta é utilizar uma ferramenta de gestão para redes sociais e na internet você encontra diversas marcas que trabalham oferecendo esse tipo de serviço.

Eu conheço algumas como Mlabs, Etus, mas eu não quero escolher e nem te dizer qual a melhor ou qual se adapta ao seu orçamento. Isso será uma tarefa que você terá que fazer sozinho. Fechado?

Lance promoções através de mensagens SMS

Os usuários de dispositivos móveis passam mais de quatro horas por dia em seus telefones, de acordo com a Statista, os dispositivos móveis representavam 52% do tráfego mundial de sites em 2018. Nos EUA, enquanto o e-mail possui uma taxa de abertura de 24%, a taxa e abertura de mensagens de texto é de 82%.

Dito isso, os varejistas devem se preocupar cada vez mais em otimizar suas ações de marketing digital nos dispositivos móveis. Assim como você coleta os e-mails em busca de leads, procure coletar números de telefone também.

Logo em seguida, com uma boa base de contatos, use as mensagens SMS para enviar cupons e códigos de presente que só podem ser resgatados entrando na loja – onde você pode aproveitar e incentiva-los a fazer mais compras.

Anúncios no Shopping do Google

De acordo com uma pesquisa da Kibo Software, 80% dos consumidores têm menos probabilidade de visitar uma loja física, caso eles não encontrem os produtos disponíveis no ambiente digital com antecedência.

O primeiro passo para resolver esse problema é fazer com que os consumidores encontrem facilmente a sua loja física, por isso é importante ter uma conta no Google Meu Negócio.

Através dele você irá descrever os detalhes da sua loja, como número de telefone, e-mail, horários de funcionamento e endereço.

Em seguida, forneça informações de disponibilidade do inventário para cada produto da loja.

Através dos anúncios no Shopping do Google, os consumidores conseguem identificar facilmente os produtos disponíveis em lojas próximas a localização dele.

Por exemplo, vamos supor que alguém esteja acampando e precisa de novos óculos de sol.

O que eles precisam fazer é digitar no seu smartphone “óculos de sol por perto” e uma lista de lojas será entregue pelo Google para que o usuário escolha onde comprar.

Usar o marketing digital no varejo é sua obrigação

Chegamos à conclusão de que não é mais opcional investir em estratégias de marketing digital no varejo.

Com um mercado cada vez mais competitivo no digital, as pequenas marcas não precisam ter medo de perder seus clientes por conta do poder financeiro de uma grande empresa.

Basta que o dono de uma loja no varejo tenha em mente que é obrigação hoje estar presente nos principais canais de mídia e fazer o que deve ser feito para entrar no jogo do marketing digital.